<>

Home » Poesias Segunda-Feira, 21 de Maio de 2018







[ A ] [ B ] [ C ] [ D ] [ E ] [ F ] [ G ] [ H ] [ I ] [ J ] [ K ] [ L ] [ M ] [ N ] [ O ] [ P ] [ Q ] [ R ] [ S ] [ T ] [ U ] [ V ] [ W ] [ X ] [ Y ] [ Z ] [ 1 ... 9 ]


Quero te, mesmo assim
por: Sirley Miranda

Chegas novamente em minha
Vida, como posso lhe esquecer

Chegas, a bater neste coração
Que ainda, esta frágil, só de pensar em ti
Amor

Como posso, te esquecer, se não acho
Uma razão, para te dizer um não, ou simplesmente
Não quero dizer

Mas tu chegas, só teu olhar, o teu
Sorriso, tira toda minha sanidade que resta
para lhe dizer adeus

Ai tudo começa novamente, não sei se vou ou se fico,
se quero, se te desprezo, por sofrer assim é gostar
demais, desse amor que não é para mim

Ser uma amante, será esse meu fim, será a única maneira
de ter você perto de mim, esse amor sem fim

Sem fim, sim, porque no momento não vejo, como achar
outro assim, e talvez será meu consolo, por querer
você tanto assim

Assim, quem sabe, posso sofrer menos, nestes dias
que para mim, será momentos sem fim,pois não haverá
futuro, somente presente, o momento em que estaremos
juntos como dois amantes, apaixonados, eu te amando
e você por mim, talvez paixão e desejo,

Pois amor tu já falaste,
amas alguém mais do que eu....”